Teresina pode ter castração de cães e gatos para população carente

Uma parceria entre o Hospital Veterinário Universitário (HVU) da Universidade Federal do Piauí (Ufpi) e a Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina poderá oferecer castração de cachorros e gatos a preços simbólicos à população de baixa renda. O serviço ainda não está definido, mas uma reunião entre as entidades já começou a discutir a melhor forma de controle de natalidade de animais em Teresina, que sofrem com o abandono.

De acordo com o diretor do HVU, o médico veterinário João Macedo, o Hospital poderá absorver a demanda de até 40 castrações por semana, cada uma a um custo de R$ 50. “Seria uma ação fixa para castrar os animais, machos e fêmeas de cães e gatos. O serviço auxiliaria principalmente a população de baixa renda”, informou.

A FMS informou que o convênio ainda tem muitos detalhes a serem definidos, mas que o foco está no controle de natalidade dos animais, que hoje sofrem com o abandono na capital piauiense em virtude da grande quantidade de nascimento de animais indesejados pelos donos ou que se reproduzem nas ruas.

Membro da Associação Piauiense de Proteção e Amor aos Animais (Apipa), Isabel Moura disse que a ação é de extrema importância e que, por isso, a própria associação está buscando construir seu próprio Centro de Castração.

“Estamos buscando apoio com o objetivo de finalizar a construção de duas salas no centro cirúrgico do Centro de Castração. Queremos que seja possível realizar o procedimento de castração de pelo menos dez animais por dia”, disse.

Novas reuniões na próxima semana devem definir de que a forma a parceria vai acontecer e a partir de quando estará disponível à população.

Fonte: Cidade Verde

Deixe uma resposta