Pets podem ajudar as pessoas com graves problemas psicológicos

Quem possui um bicho de estimação em casa já conhece o poder da amizade animal para o bem-estar físico e emocional.  Diversos estudos já apontaram os benefícios de conviver com um pet, mas uma nova pesquisa descobriu que ter um cão, gato e até mesmo um peixinho no aquário pode ajudar quem tem graves problemas psicológicos.
Ter animal de estimação dá significado para a vida

De acordo com o trabalho científico, apresentado pela publicação científica BMC Psychiatry, a convivência com pets podem ajudar as pessoas que sofrem de problemas mentais graves, como depressão, esquizofrenia, transtorno bipolar ou distúrbio de estresse pós-traumático.

Os pesquisadores ainda descobriram que os pets podem ajudar as pessoas oferendo aos humanos um profundo senso do que eles chamam de “segurança ontológica”, ou seja, o sentimento de estabilidade, continuidade e significado na vida.

As conclusões foram obtidas através da análise de nove bases de dados médicas e de mais de 8 mil artigos anteriores sobre o tema. O levantamento contou com estudos sobre os efeitos de ter gatos, cachorros, hamsters e até peixes no bem-estar mental de pacientes com algum transtorno mental.

A revisão descobriu também que os pets podem ajudar as pessoas a gerenciar suas emoções e ofereceram uma distração dos sintomas de sua condição de saúde mental, fornecendo amor e apoio incondicionais que aliviam sentimentos de preocupação, angústia e solidão.

Além disso, os donos de animais de estimação afirmavam que seus pets os obrigavam a permanecerem conectados com o mundo exterior e a se exercitar, interagir e manter laços com a comunidade.

Fonte: VIX Brasil

Deixe uma resposta