Rato farejador de minas terrestres na África

Uma ONG Belga, APOPO, desenvolve o treinamento de ratos africanos gigantes para detectar minas terrestres salvando assim milhares de vidas em todo mundo. 

Em 2013 foi registrada uma média global de 9 mortes por dia devido a minas terrestres. Rato farejador.

Neste projeto iniciado em 1997, os ratos treinados conseguem farejar uma área de 200 metros quadrados em apenas 20 minutos. Para se ter uma ideia de comparação, para um ser humano (bem treinado) rastrear essa mesma área são necessárias 25 horas de operação!

São necessários cerca de 6.000 euros para treinar um rato que realiza seu trabalho por cerca de 4 a 5 anos. Depois eles são devolvidos a natureza.

Nenhum rato morreu durante essa operação, isso porque para uma mina ser acionada é necessário uma pressão a partir de 5Kg e os ratos pesam em média 1,5Kg.

Fonte: Bored Panda

 

Deixe uma resposta