Governo dará pensão aos loucos que conversam com cachorros

Para o Governo Federal, quem conversa sozinho com cachorro é louco e, por esta razão, merece ser beneficiado com uma pensão por invalidez. A medida entrará em vigor dentro de três meses e não precisará passar pelo Congresso, pois o Projeto de Lei foi enviado direto pela presidente Dilma, pelos correios, para a sede do INSS.
Mas, segundo o governo, fingir conversar com um cachorro não vai garantir o benefício da pensão. “O benefício será concedido somente aquele louco que diariamente conversa com um cachorro e acredita seriamente que a comunicação entre os dois é igual à de ser humano para com outro humano”, disse o governo.

A pensão não vale para quem conversa com gato, papagaio ou dinossauro.

Fonte: G17

Deixe uma resposta