Como evitar e prevenir alergia de animais de estimação

Se você ama seu animalzinho de estimação, mas descobriu que tem alergia a seus pelos, essa incompatibilidade física pode ter solução em casa, com cuidados simples, para que não precise se afastar do bichinho.

Antes de qualquer atitude mais radical, vá ao médico, faça testes para comprovar a alergia e seu grau. Os bichos soltam uma substância química na pele morta que solta, independente do tamanho do seu pelo. Os sintomas são inchaço nos olhos, que lacrimejam, nariz coçando e pele irritada, que vão se desenvolvendo gradativamente com o convívio. Essa alergia pode agravar o estado de quem tem asma, bronquite ou outra doença respiratória.  Crianças menores de um ano, já expostas aos bichos, tem metade de chances de desenvolver alergia, o que também pode ser uma prevenção. 

Se a descoberta da alergia foi após ter o animal, aprenda a lidar com ele da melhor forma, para evitar as crises. Podem ficar fora de casa a maior parte do tempo, principalmente cachorros, em quintais, varandas e áreas de serviço.

O gato é o animal que provoca mais alergia, até pela sua quantidade de pelos. Não há raças ou animais específicos que não causem alergias para quem já está predestinado a doença e nenhum animal de estimação é hipoalergênicos.
As portas e janelas da casa precisam ficar abertas para dar mais ventilação e permitir a entrada do sol. Os animais precisam ficar longe dos quartos, área típica do desenvolvimento de ácaro de banho, pelo menos uma vez por semana, lave as mãos sempre que estiver em contato com eles.

Eles não devem se aproximar de camas, sofás e poltronas, para evitar aglomeração de micro-organismos, e nem se aproximar do quarto de quem é alérgico. Lave constantemente os lençóis, assim como o local que o bichinho dorme, com água quente. O ambiente quente e fechado ou com ar-condicionado, propaga a doença, que devem ser usados com filtro potente e limpo.

O aspirador de pó é um ótimo instrumento de ajuda, fazendo a limpeza pesada e também extraindo microorganismos de tapetes, cortinas e sofás.

Fonte: Magazine Luiza

Deixe uma resposta