Cães e gatos podem ser registrados em cartório

Com o objetivo de evitar sequestros e maus-tratos, um documento chamado “identipet” já pode ser emitido por tutores em cartórios de títulos e documentos de todo Brasil.

O documento além de arquivar fotos do animal, terá informações e um termo de responsabilidade assinado pelo tutor. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no ano de 2013 foram registrados 52 milhões de cães e 22 milhões de gatos nos lares brasileiros.

Integrante do grupo de proteção a animais, “Alegre Seu Lar”, Juliana Catarino afirma que a iniciativa busca ajudar a localizar o animal no caso de fuga ou sequestro: “O animal devidamente identificado estará mais protegido, pois sem registro ele fica vulnerável ao tempo e as pessoas”, afirmou.

Fonte: Catraca Livre

Deixe uma resposta