ANIMAIS MORTOS NÃO PODEM SER ENTERRADOS NOS QUINTAIS DAS CASAS

Os animais mortos não podem ser enterrados em quintais. A informação é do Centro de Zoonoses de Catanduva (SP). Ainda de acordo com o setor, os tutores dos animais ou moradores que encontrarem os cadáveres, devem fazer o encaminhamento ao Centro de Zoonoses. 

“Animais mortos podem ser trazidos ao Zoonoses por qualquer pessoa”, informa o Centro de Zoonoses.

 

Dentre os outros serviços realizados pelo Zoonoses também estão orientações e prevenções para doenças transmitidas por vetores que possam acometer o homem.“Entre essas doenças, orientamos a população sobre a Leishmaniose e Raiva, Malária e Febre Amarela. Além de oferecer orientações e vistorias para ocorrências com animais peçonhentos”, informa o setor.

ANIMAIS RECOLHIDOS

Outra informação importante para a população é que os animais vindos por autoridades como Polícia Ambiental, Guarda Civil, Patrulha Ambiental, Bombeiros, também são acolhidos e cuidados até que possam estar disponíveis para adoção.

“E como já citado, com o serviço de castração dos projetos implantados e a serem implantados, a contenção na proliferação de animais é importantíssima, devendo o projeto recomeçar após a reforma da Unidade e os acertos que se façam necessários”, esclarece.

PROIBIDO ENTERRAR EM QUINTAL

Quando um animal de estimação morre, a primeira atitude do tutor é enterrá-lo no quintal. Para que de certa forma, o pet querido continue perto dos membros da família. No entanto é proibido enterrar animais em quintal. O motivo é que pode causar danos para a saúde de outros animais, dos familiares e também ao meio ambiente.

Mesmo embalados em saco plástico resistente, o necrochorume dos corpos em decomposição vai inevitavelmente contaminar o solo e lençóis freáticos.

Se o animal morreu em decorrência de doenças que podem ser transmitidas ao homem, como toxoplasmose, leptospirose, raiva, psitacose (em aves), viroses transmitidas entre animais ou de causa desconhecida, a situação é mais grave ainda.

Fonte: Olhar Animal

Deixe uma resposta